Informação sobre o curso

Manifestar interesse Pedir contacto
  • Condições de Inscrição

    • Requisitos necessários para se poder inscrever:
      • Residir ou trabalhar nas Regiões Norte ou Centro
      • Ser ativo empregado (por conta de outrem ou por conta própria, e ter habilitações equivalentes ao 9º ano completo ou superior), ou
      • Ser ativo desempregado (há menos de 12 meses e ter o 12º ano completo)
      • Necessário ter PC ou tablet com câmara integrada (As sessões não são gravadas, mas a Câmara terá de estar ligada sempre que tecnicamente possível).
    • Documentos necessário para a inscrição:
      • Ficha de inscrição (em formato digital a efetuar em “Inscrever nesta edição”)
      • Certificado Habilitações
      • Declaração Entidade patronal com horário de trabalho
      • IBAN – Documento bancário com o nome do formando
      • Cópia Cartão Cidadão (tracejado por cima e escrever “Para efeitos de inscrição no curso de formação e emissão do certificado”)

  • Observações

    • A ação de formação apenas terá início se reunir um grupo de 16 formados. Caso não se verifique a mesma será adiada para uma data a informar oportunamente;
    • A integração nas nossas turmas de formação acontece por ordem de chegada e após a verificação do cumprimento das condições de inscrição.

  • Objectivos Específicos

    • Turismo Inclusivo - oportunidades e desafios: Compreender o conceito de "turismo inclusivo", o quadro normativo-legal que o suporta e a relevância estratégica do seu desenvolvimento para o setor do turismo, para os seus empresários e trabalhadores e também para as pessoas com deficiência; Identificar as "necessidades especiais" deste segmento da procura turística, os requisitos específicos da oferta turística e as atitudes requeridas para um relacionamento pessoal adequado com estes clientes; Apoiar/assistir pessoalmente clientes com necessidades especiais, em matéria de mobilidade, orientação e comunicação, nas situações comuns/transversais aos diversos setores em que estão organizados os serviços turísticos;
    • Turismo inclusivo na restauração: Identificar as condições de acessibilidade para clientes com necessidades especiais, assim como os produtos de apoio disponíveis; Acolher adequadamente o cliente com necessidades especiais; Efetuar o serviço de mesa, bar ou cafetaria, tendo em conta as especificidades decorrentes das necessidades especiais do cliente, das soluções disponíveis e das solicitações e explicações do cliente; Apoiar o cliente com necessidades especiais no acesso aos alimentos e às bebidas em serviço de buffet, coffee-break e room-service; Relacionar-se com o cliente com necessidades especiais, ao longo de todo o serviço, de modo a que este se sinta aceite, compreendido e valorizado como pessoa cliente na unidade de restauração;

  • Metodologia

    • Organização de sessões teórico-práticas de acordo com metodologias expositivas, através da apresentação dos conteúdos e temáticas.
    • Nas diversas sessões a metodologia ativa será desenvolvida através da aplicação de propostas de trabalho que permitam a análise e reflexão de estudos de casos, Brainstorming’s e Role Play’s de forma a potenciar a aprendizagem pela utilização prática da linguagem.

  • Conteúdos Programáticos

    • Turismo Inclusivo - oportunidades e desafios
      • Turismo inclusivo –causas e objetivos
      • Enquadramento político e normativo do Turismo Inclusivo
        • Contexto normativo internacional/UE
        • Conceitos principais
      • O cliente com deficiência motora
        • Deficiência motora, limitações/necessidades especiais na mobilidade e acessibilidade dos serviços turísticos
        • Produtos e meios de apoio
        • Requisitos da oferta turística
        • Legislação nacional
        • Necessidades especiais de relacionamento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendimento
        • Práticas de serviço
      • O cliente com deficiência visual
        • Deficiência visual, limitações/necessidades especiais na mobilidade e orientação e acessibilidade dos serviços turísticos
        • Produtos e meios de apoio à deficiência visual
        • Requisitos da oferta turística
        • Legislação
        • Necessidades especiais de relacionamento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendimento
        • Práticas de serviço
      • O cliente com deficiência auditiva
        • Deficiência auditiva, limitações/necessidades especiais na comunicação e compreensão da informação e acessibilidade dos serviços turísticos
        • Produtos e meios de apoio
        • Requisitos da oferta turística
        • Legislação
        • Necessidades especiais de relacionamento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendimento
        • Necessidades especiais de relacionamento interpessoal
        • Comunicação e atitudes dos profissionais
        • Práticas de serviço
      • O cliente com deficiência intelectual ou com multideficiência
        • Deficiência intelectual e multideficiência, limitações/necessidades especiais e acessibilidade dos serviços turísticos
        • Limitações das pessoas com deficiência intelectual
        • O direito das pessoas com deficiência intelectual ao lazer e ao turismo
        • Serviço, comunicação e relacionamento interpessoal
      • O cliente sénior, as suas limitações/necessidades especiais e a acessibilidade dos serviços turísticos
        • Processo de envelhecimento
        • População idosa
        • Características do turismo sénior
        • Turista sénior com limitações cognitivas, motoras, visuais e/ou auditivas
        • Necessidades do cliente sénior com limitações
        • Requisitos da oferta e acessibilidades
        • Produtos de apoio e acessibilidades
        • Acessibilidades e legislação
        • Aspetos comunicacionais
        • Práticas de serviço
        • Relacionamento interpessoal e atitudes dos profissionais de atendimento
      • Turismo inclusivo na restauração
        • O cliente com deficiência motora numa unidade de restauração
          • Condições de acessibilidade e produtos de apoio
          • Acolhimento do cliente
          • Acolhimento
          • Regras de acolhimento
          • Encaminhamento do cliente à mesa
          • Apoio na locomoção
          • Acomodação do cliente
        • Serviço de mesa, bar e cafetaria
          • Pedido
          • Ajustamento da mise-en-place
          • Mobilização de produtos de apoio
          • Serviço
        • Serviço de alimentos e bebidas nas modalidades de buffet, coffee-break e room-service
          • Serviço de buffet e coffee-break
          • Serviço de room-service
        • Relacionamento interpessoal
          • Empatia no serviço de restauração
          • Fatores favorecedores e dificultadores da empatia
        • O cliente com deficiência visual numa unidade de restauração
          • Condições de acessibilidade e produtos de apoio
          • Acolhimento do cliente
          • Serviço de mesa, bar e cafetaria
        • Serviço de alimentos e bebidas nas modalidades de buffet, coffee-break e room-service
        • Relacionamento interpessoal
          • Direito à não-discriminação
        • O cliente com deficiência auditiva numa unidade de restauração
          • Acolhimento do cliente
          • Serviço de mesa, bar, cafetaria, buffet e room-service
          • Relacionamento interpessoal
        • O cliente com deficiência intelectual e/ou multideficiência numa unidade de restauração
          • Condições de acessibilidade e produtos de apoio
          • Acolhimento do cliente
          • Serviço de mesa, bar e cafetaria
          • Serviço de buffet, coffee-break e room-service
          • Relacionamento interpessoal
        • O cliente sénior com limitações motoras, sensoriais e/ou intelectuais numa unidade de restauração
          • Condições de acessibilidade e produtos de apoio
          • Acolhimento do cliente
          • Serviço de mesa, bar e cafetaria
          • Serviço de buffet, coffee-break e room-service
          • Relacionamento interpessoal
    •  

  • Avaliação

    • A avaliação formativa, que se projeta sobre o processo de formação, permitindo obter informação sobre o desenvolvimento das aprendizagens, com vista à definição e ao ajustamento de processos e estratégias pedagógicas. Os critérios a utilizar deverão ser:
      • Assiduidade e Pontualidade (Comparece às horas marcadas e cumpre o horário da formação);
      • Participação Ativa (está motivado; interage com o grupo; participa nos grupos de trabalho; coloca questões e exprime opiniões críticas e fundamentadas);
      • Impacto de formação (evolução entre o perfil de entrada e o perfil de saída);
      • Resultados Alcançados (testes, trabalhos individuais e de grupo; provas em cursos homologados).
    • A avaliação sumativa, que terá por função servir de base de decisão para a certificação, será suportada em trabalhos práticos (individuais e/ou em grupo), e/ou testes, e/ou observação direta, consoante o mais adequado a cada formando/a.
    • O resultado final deverá ser expresso em: “Com Aproveitamento” (certificação) ou “Sem Aproveitamento”, em função do/a formando/a ter ou não atingido os objetivos da formação.

Manifestar interesse Pedir contacto

os cursos relacionados

  • 811_03330 - Atendimento de Clientes na Receção

  • 4 Ago
    2022

    811_03375 - Serviços de Alojamento Hoteleiro como Área de Negócio

    Sala Virtual

    Das 18:30 às 22:30

  • 29 Ago
    2022

    811_09748 - Sustentabilidade no Turismo

    Sala Virtual

    19:00 às 22:30