Informação sobre a edição do curso

Inscrever nesta edição Manifestar interesse Todas as edições Pedir contacto
  • Horário19:00 às 22:30
  • Duração150.0 horas
  • Dias0
  • Início25/10/2022
  • Fim25/04/2023
  • Formandos Previstos16
  • Nível InicialNível 4
  • Local de FormaçãoSala Virtual

    -
  • Apresentação

    Destinatários: Este curso destina-se a todos/as interessados/as que reúnam as Condições de Inscrição.

    Benefícios atribuídos: Certificado de Qualificações emitido pelo SIGO (90% de assiduidade); Subsídio de Alimentação no valor de € 4,77 (por sessão assistida, com duração mínima de 3 horas); Manual de formação

    Âmbito geográfico: Regiões do Centro.

  • Referencial

    Técnico/a de Pastelaria/Padaria

  • Área de Formação

    Hotelaria e Restauração

  • Observações

    O percurso Iniciação á Pastelaria é composto pelas seguintes UFCD’S:

    • 3299 - Cozinha - organização e funcionamento
    • 8242 - Confeções básicas de pastelaria
    • 8243 - Doçaria tradicional portuguesa
    • 8287 - Capitações, fichas técnicas, cartas e ementas

    Damos preferência aos formandos/as que se inscrevam simultaneamente em todas as UFCD’S, contudo, se já frequentou alguma delas será possível inscrever-se apenas nas que lhe faltam desde que exista vaga.

    Por favor, para confirmar a existência de possíveis vagas, contacte-nos.

    • A ação de formação apenas terá início se reunir um grupo de 16 formados. Caso não se verifique a mesma será adiada para uma data a informar oportunamente;
    • A integração nas nossas turmas de formação acontece por ordem de chegada e após a verificação do cumprimento das condições de inscrição.

  • Datas de Realização

    A formação irá decorrer ás terças e quintas-feiras em horário pós-laboral.

  • Condições de Inscrição

    • Requisitos necessários para se poder inscrever:
      • Residir ou trabalhar nas Regiões Norte ou Centro
      • Ser ativo empregado (por conta de outrem ou por conta própria, e ter habilitações equivalentes ao 9º ano completo ou superior), ou
      • Ser ativo desempregado (há menos de 12 meses e ter o 12º ano completo)
      • Necessário ter PC ou tablet com câmara integrada (As sessões não são gravadas, mas a Câmara terá de estar ligada sempre que tecnicamente possível).
    • Documentos necessário para a inscrição:
      • Ficha de inscrição (em formato digital a efetuar em “Inscrever nesta edição”)
      • Certificado Habilitações
      • Declaração Entidade patronal com horário de trabalho
      • IBAN – Documento bancário com o nome do formando
      • Cópia Cartão Cidadão (tracejado por cima e escrever “Para efeitos de inscrição no curso de formação e emissão do certificado”)

  • Objetivos Específicos

    • Cozinha - organização e funcionamento: Identificar a organização e as regras de funcionamento da cozinha; Identificar os equipamentos e utensílios de cozinha adequados às diferentes técnicas de preparação e confeção dos produtos alimentares; Efetuar o aprovisionamento dos produtos alimentares, assegurando o estado de conservação dos mesmos; Identificar os procedimentos inerentes à produção na cozinha; Reconhecer a importância do cumprimento das normas de higiene e segurança.
    • Confeções básicas de pastelaria: Preparar confeções básicas de pastelaria; Confecionar pastelaria de sobremesa; Empratar e decorar pastelaria de sobremesa; Cumprir as normas de higiene e segurança.
    • Doçaria tradicional portuguesa: Preparar sobremesas tradicionais portuguesas; Confecionar sobremesas tradicionais portuguesas; Empratar e decorar sobremesas tradicionais portuguesas; Cumprir as normas de higiene e segurança.
    • Capitações, fichas técnicas, cartas e ementas: Calcular capitações adequadas a diferentes serviços; Realizar o Teste do Cortador; Elaborar e valorizar fichas técnicas; Elaborar cartas e ementas.

  • Conteúdos Programáticos

    • Cozinha - organização e funcionamento
      • Organização e funcionamento da cozinha
        • Tipologia de serviços
        • Legislação reguladora da comercialização de produtos alimentares
        • Instalações
        • Equipamentos
        • Utensílios
        • Indumentária
        • Brigada de cozinha
        • Circuitos
        • Organização e articulação com o serviço de restaurante
        • Terminologia
      • Tecnologia dos equipamentos e utensílios de cozinha
        • Características
        • Funções
        • Higienização, manutenção e conservação
      • Aprovisionamento dos produtos alimentares
        • Planos de produção, cartas, ementas, receitas, fichas técnicas, tabelas de capitação e de desperdício
        • Formulários de encomenda
        • Formulário de entrega
        • Registo de receção, conferência e verificação de qualidade
        • Não conformidades e reclamações
        • Regras de acondicionamento, armazenamento e conservação das matérias-primas perecíveis e não perecíveis
        • Controlo de stocks
      • Procedimentos de organização da cozinha
        • Processo e suporte documental
        • Planeamento da produção
        • Disposição dos meios físicos
        • Organização do trabalho
        • Interface entre serviços
        • Previsão dos meios necessários
        • Limpeza da secção
      • Normas de higiene e segurança
    • Confeções básicas de pastelaria
      • Confeções básicas de pastelaria
        • Massas
        • Cremes
        • Molhos
        • Outras
      • Tecnologia de matérias-primas
      • Receitas e fichas técnicas
        • Capitações
        • Composições
        • Utilizações
      • Operações de quantificação de produtos, ingredientes, proporções e pesagens
      • Técnicas de preparação e confeção de pastelaria de sobremesa
        • Manuseamento e preparação de utensílios e material
        • Seleção, quantificação e preparação das matérias-primas, preparados industriais e outros ingredientes
        • Processo de confeção (sobremesas frias: arroz doce, leite creme, mousse de chocolate, molotof e outras; sobremesas quentes: maçã assada, petit gateaux, crepes e outras; outras sobremesas)
      • Controlo de qualidade do processo de fabrico
        • Preparação
        • Confeção
        • Produtos finais
      • Acondicionamento e conservação dos produtos confecionados
      • Normas de higiene e segurança
    • Doçaria tradicional portuguesa
      • Tipos de sobremesas regionais e conventuais portuguesas
        • Pudim abade de priscos
        • Barrigas de freira
        • Toucinho-do-céu
        • Papo-de-anjo
        • Outras
      • Tecnologia de matérias-primas
      • Receitas e fichas técnicas
        • Capitações
        • Composições
        • Utilizações
      • Operações de quantificação de produtos, ingredientes, proporções e pesagens
      • Técnicas de preparação e confeção de sobremesas regionais e conventuais portuguesas
        • Manuseamento e preparação de utensílios e material
        • Seleção, quantificação e preparação das matérias-primas, preparados industriais e outros ingredientes
        • Processo de confeção
      • Controlo de qualidade do processo de fabrico
        • Preparação
        • Confeção
        • Produtos finais
        • Acondicionamento e conservação dos produtos confecionados
        • Empratamento e decoração
        • Normas de higiene e segurança
      • Capitações, fichas técnicas, cartas e ementas
        • Fichas técnicas (aplicação informática)
        • Causas do elevado custo de matérias-primas
        • Padrão de Especificação das Doses – Capitações
        • Definição das doses padrão
        • Padrão de Rendimento dos produtos alimentares
        • Cálculo das perdas e dos desperdícios de produção
        • Valorização de matérias-primas e produtos alimentares (Teste do Cortador)
        • Elaboração de receitas padrão
        • Valorização de receitas padrão
      • Elaboração da Ementa
        • Tipos de ementa
        • Regras de seleção dos pratos
        • Índice de rentabilidade
        • Índice de popularidade
        • Construção de ementas

     

  • Avaliação

    • A avaliação formativa, que se projeta sobre o processo de formação, permitindo obter informação sobre o desenvolvimento das aprendizagens, com vista à definição e ao ajustamento de processos e estratégias pedagógicas. Os critérios a utilizar deverão ser:
      • Assiduidade e Pontualidade (Comparece às horas marcadas e cumpre o horário da formação);
      • Participação Ativa (está motivado; interage com o grupo; participa nos grupos de trabalho; coloca questões e exprime opiniões críticas e fundamentadas);
      • Impacto de formação (evolução entre o perfil de entrada e o perfil de saída);
      • Resultados Alcançados (testes, trabalhos individuais e de grupo; provas em cursos homologados).
    • A avaliação sumativa, que terá por função servir de base de decisão para a certificação, será suportada em trabalhos práticos (individuais e/ou em grupo), e/ou testes, e/ou observação direta, consoante o mais adequado a cada formando/a.
    • O resultado final deverá ser expresso em: “Com Aproveitamento” (certificação) ou “Sem Aproveitamento”, em função do/a formando/a ter ou não atingido os objetivos da formação.

  • Metodologia

    • Organização de sessões teórico-práticas de acordo com metodologias expositivas, através da apresentação dos conteúdos e temáticas.
    • Nas diversas sessões a metodologia ativa será desenvolvida através da aplicação de propostas de trabalho que permitam a análise e reflexão de estudos de casos, Brainstorming’s e Role Play’s de forma a potenciar a aprendizagem pela utilização prática da linguagem.

Inscrever nesta edição Manifestar interesse Todas as edições Pedir contacto

os cursos relacionados